Seguidores

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Retornando ao mundo das blogueiras!

Olá pessoal... 

Quanto tempo hein? 

Quantas coisas aconteceram desde a minha última postagem, mas a melhor delas vou contar pra vocês: 
Deus me deu um filho!!! 

Apesar da obesidade grau III, apesar do meu histórico obstétrico (gestação anterior com pré-eclâmpsia e síndrome de hellp que levaram meu bebê a nascer morto, além de uma gestação anembrionária e consequente aborto ano passado), consegui realizar meu sonho de ser mãe.

Meu presente de Deus nasceu no início de outubro e não imaginava que pudesse existir um amor tão grande, tão incondicional, tão inexplicável. 

E por ele, para poder ter saúde e disposição de acompanhar o crescimento dele decidi emagrecer, reeducar minha alimentação e mudar minha vida.

Sei que vocês já leram isso muitas vezes aqui nesse blog mas agora tenho o motivo que me faltava.

Como diz a figura acima, vou devagar, sem aquele desespero de emagrecer rapidamente, até porque demorei anos para atingir o peso que estou hoje.

Antes de engravidar estava pesando 148,5 kg e hoje meu peso foi 146,4 kg.

Sei que tenho um longo caminho pela frente e conto com o apoio de vocês mais uma vez.

Obrigada e que Deus abençoe a cada um de nós, hoje e sempre!!!
Beijos.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

2014: o meu ano!!! ;)


Feliz Ano Novo pessoal. Muito tempo afastada desse cantinho. Estava cheia de saudade. Mas também cheia de vergonha de chegar aqui e só ter lamentações a fazer. Nem eu tava me suportando, não podia pedir que vocês conseguissem me suportar. Resumindo? Problemas + ansiedade + comilança descontrolada = 153.20 kg em 12/08/2013. Deus então colocou um amigo-irmão no meu caminho, que pega no meu pé, me arrasta pra academia as 5 da manhã, me escuta, me dá força e me apoia em tudo. Tá bom que ele viajou e me abandonou em plenas festas de fim de ano (saudade tchutchuco lindo) mas pensando no apoio dele eu vou seguindo. Um dia de cada vez. E em 01/01/2014, vi um número maravilhoso: 143.85 kg. É pouco mas pra mim é uma vitória enorme. Conto com apoio de vocês pra ver esse número mudar mais e mais... Pra menos, é claro! Bj, bj, bj. Tamo junto. ;)

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Caso de Sucesso: Dois exemplos do poder da força de vontade!


Chá vermelho desintoxica e ajuda a queimar gordura

A incrível história das irmãs gêmeas que perderam metade do que pesavam fazendo a mesma dieta. Izabel emagreceu 85 kg e Izabela, 70 kg!


Izabel mede 1,74 m e foi dos 156 kg para os 71 kg. Izabela mede 1,70 m e foi dos 138 kg para os 68 kg 
Fotos: Naio Rezende / Arquivo pessoal

As irmãs Izabel e Izabela sempre começavam dieta juntas, mas nada dava certo. Não era para menos: elas comiam demais e nunca fizeram atividades físicas. Com mais de 100 kg cada uma, Iza e Bel não tiveram festa de 15 anos porque sentiam vergonha da própria aparência. E só podiam comprar roupas em lojas de tamanhos especiais. Às vezes, nem isso era suficiente: "Nossa empregada era costureira e tínhamos que pedir para ela aumentar nossas calças", conta Izabela.
Com a comilança desenfreada e a sucessão de dietas fracassadas, Izabel chegou aos 156 kg e Izabela atigiu os 138 kg. Era o fundo do poço.
Até que, em agosto de 2010, elas decidiram que iam perder peso para a formatura de Izabel, que ia acontecer no fim do ano. Determinada a emagrecer, a dupla adotou um cardápio mais saudável, cortou as tranqueiras e reduziu as porções gigantes nas refeições. Mas não foi só isso. Elas tinham uma carta na manga: o chá vermelho, que acelera o metabolismo, melhora a digestão, dá ânimo e ajuda a detonar a gordura.
Nos primeiros quatro meses, elas perderam cerca de 30 kg cada uma e participaram da festa de formatura com uma aparência muito melhor. Mas elas queriam mais. Persistiram na dieta e, depois de um ano e oito meses, atingiram seus objetivos. A Izabel perdeu 85 kg e a Izabela, 70 kg. Juntas, elas emagreceram 155 kg! Hoje estão com a metade do peso que tinham antes. As duas vestiam manequim 60. Hoje Izabel usa 38 e a Izabela, 40!

A perda de peso foi tão grande que as gêmeas já estão se preparando para realizar uma cirurgia plástica e eliminar o excesso de pele de pernas, braços e barriga. Depois disso, elas terão segurança para fazer uma coisa inédita: usar biquíni na praia. "É um sonho", revela Izabela.

"Perdi 22 kg já no primeiro mês!"

"Eu era a típica gordinha que chora sozinha no quarto, só tem amigos na internet e acha que toda pessoa que olha para ela está pensando 'Nossa, que gorda!'. Abandonei a faculdade porque não conseguia ficar entre pessoas magras sem me sentir mal. Não saía de casa porque não passava pela catraca do ônibus e achava que todos estavam rindo de mim. Era a Izabel quem tentava me animar, porque ela sempre foi mais bem-humorada que eu. Acho que foi graças à minha irmã que não entrei em depressão. Quando ela me propôs mais uma dieta, não botei muita fé, mas resolvi entrar de cabeça. Eu estava com 20 anos e não podia esperar mais para começar a viver de verdade, ter uma profissão e, quem sabe, conhecer alguém. Mas eu tinha 70 kg de excesso de peso no meu caminho. Por isso, fui bastante severa no começo. O mais difícil de evitar foi o chocolate, mas o chá vermelho ajudou muito nessa parte. Ele controlava a ansiedade e aquela vontade louca de comer doce. Acho que ele também melhorou o meu humor. Como eu não estava trabalhando, passei a malhar e, em um mês, perdi 22 kg! Depois disso, não desanimei mais. Na formatura da Bel, a gente não tinha perdido tanto peso assim - uns 30 kg cada uma. Mas foi uma vitória muito importante! Agora que estou magra, voltei a estudar e é a minha formatura que está chegando. Já disse: 'Bel, nessa estaremos gatas!'. Depois que retirarmos o excesso de pele, até biquíni eu vou ter coragem de usar!"

Izabela Vieira da Cunha Fardim, 23 anos, estudante, Vitória, ES

"Emagreci para participar da minha festa de formatura"

"Eu não podia sequer me pesar na balança da farmácia. Ela só chegava aos 100 kg e eu pesava muito mais que isso. Por causa da minha obesidade, o sangue das pernas não circulava direito e minhas juntas estavam ficando arroxeadas. Além disso, ia rolar minha festa de formatura no final do ano e eu queria muito estar bonita. Não sabia o que era ficar bem num vestido de festa, porque sempre me sentia um botijão de gás. Muitas vezes, eu e minha irmã ficávamos em casa por não termos roupa. Foi por isso que decidi ter uma conversa séria com a Izabela. Tinha acabado de tirar a foto do convite da formatura e me achei horrível. 'Iza, essa foto não ficou boa, mas a gente pode estar bem no dia da festa'. Minha irmã se animou e topou na hora. Ela é muito parceira! Começamos cortando todas as besteiras do nosso cardápio: chocolate, hambúrguer, refrigerante e outras guloseimas. Também passamos a comer menos. Ao mesmo tempo, pesquisamos coisas que poderiam nos ajudar e encontramos o chá vermelho, que me fez desinchar e diminuiu meu apetite. O processo de emagrecimento foi difícil. Tive algumas recaídas. Mas no fim deu tudo certo: perdi mais da metade de mim! Agora quero fazer uma cirurgia para retirar o excesso de pele nas pernas, nos braços e na barriga. E vou colocar silicone! Sinto muito orgulho do que eu e a Izabela conquistamos. Hoje temos uma vida nova! A sensação de subir na balança e ver só dois dígitos é indescritível!"

Izabel Vieira da Cunha Fardim, 23 anos, serventuária de Justiça, Vitória, ES

Dicas para levar uma vida bacana!!! :)


sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Voltando ao mundo das blogueiras!

Olá pessoal... Estou voltando... Tenho andado afastada demais, não só do blog, mas do mundo virtual como um todo. De vez em quando ainda dou o ar da graça no facebook e só. O trabalho e os problemas atrelados a ele andam me tirando o sossego e me deixando sem tempo pra nada. Mas resolvi mudar isso... Resolvi que o trabalho ficará no local de trabalho (nada de ficar trazendo trabalho pra casa). 

Não vou me deixar abalar pelas afrontas que recebo e não vou me deixar abater. "O Senhor pelejará por vós, e vós vos calareis" (Êx 14.14). A resposta a cada provocação, a cada humilhação e cada ofensa que tenho recebido virá do Senhor e não de mim. 

Após quase dois meses de estresse total e ansiedade a mil, resolvi relaxar um pouco e cuidar mais de mim, da minha casa, do meu marido, da minha RA, dos meus projetos pessoais e da minha intimidade com Deus. Até os meus projetos de evangelização ficaram prejudicados com a correria do dia-a-dia. A forma como eu estava conduzindo a minha vida acabou refletindo na minha saúde: meus distúrbios do sono se agravaram e o ponteiro da balança subiu ainda mais. Sempre que aparecia um problema pra resolver, sabem em que eu pensava? Doce! Comer doce, me empanturrar de doce. Eu não vou mais permitir isso. 

Fui ao médico e ele me prescreveu fluoxetina para diminuir a ansiedade cotidiana e ficar mais relaxada para dormir bem a noite. Resultado? Menos 1,9 kg em 5 dias. Isso mesmo! Segunda de manhã eu pesava 139,7 kg e agora a pouco o número na balança foi 137,8 kg... Eu estou feliz demais. Estou parecendo pinto no lixo como se diz por aí rsrs. 

Eu sei que recomecei inúmeras vezes, mas o que seria de nós se desistíssemos de recomeçar? Eu não vou desistir. Vou recomeçar sempre que achar preciso, que ouvir dentro de mim aquela voz "ei, você pode ficar no controle, você é capaz". Recomeçarei a cada dia pois sei o que eu quero e com a graça de Deus irei conseguir. 

Quero deixar um beijo todo especial a minha amiga Jack (nutricionista do meu core) que me incentivou demais a retomar o blog e que sempre me dá aquele abraço cheio de ternura quando estou meio "down". Que Deus te abençõe sempre gatona.

Ah, recomendo a todos uma visitinha ao blog Medida Certa que calcula IMC, Risco Cardiovascular e Percentual de Gordura. Eu particularmente gostei e acho útil na batalha diária contra as gordurinhas indesejáveis.

Hoje fico por aqui. Espero contar com apoio de todas vocês. Beijos e um abraço super mega ultra power apertado em todas e em cada uma. Até!