Seguidores

domingo, 28 de novembro de 2010

Mulher perde mais da metade do peso só com dieta saudável e exercícios. Ela é contra cirurgia

Oi pessoal... Vou postar a história de uma mulher determinada que conseguiu vencer a guerra contra a balança mostrando a todas vocês (acho que mais pra mim do que pra vocês) que qualquer uma de nós pode conseguir também... Beijos e mais tarde posto como foi meu dia pra vocês... :)

Mulher perde mais da metade do peso só com dieta saudável e exercícios. Ela é contra cirurgia

Uma professora inglesa, de 25 anos, Harriet Jenkins, mostra com orgulho como a determinação a transformou numa outra mulher. Depois de 18 meses de total mudança de hábitos, alimentando-se de maneira saudável e fazendo exercícios, ela conseguiu perder metade de seu peso e hoje veste 10 números abaixo de seu figurino anterior. Ela chegou a pesar, no auge da obesidade, 168 kg. Em vez de biscoitos e doces, ela deu preferência a frutas, legumes e vegetais. A incrível história de Harriet foi publicada no site do jornal Daily Mail. O que torna a mudança mais surpreendente é que esse resultado não foi alcançado com a ajuda de uma cirurgia.
Leia o depoimento que ela deu à reportagem do Mail online:
“Minha vida é completamente diferente agora. Conquistei coisas que jamais imaginaria possíveis, como meu sonho de me tornar professora. Não é só porque eu pareço outra pessoa e peso menos, mas também porque me sinto mais confiante e, finalmente, estou contente co0migo mesma. Estou tão orgulhosa de ter reassumido o controle sobre minha vida…Não acredito que me sentiria da mesma forma se tivesse me submetido a uma cirurgia para redução de estômago. Gostaria que todos soubessem que a cirurgia não é a única saída para quem precisa perder enorme quantidade de peso. Há 18 meses, eu pesava mais de 168 kg, estava desempregada, as pessoas me diziam coisas horríveis na rua. E minha família receava que eu acabasse morrendo prematuramente, jovem demais. Agora, acho que nada mais é impossível; e quero compartilhar esse sentimento com o maior número possível de pessoas”.
Os problemas de peso de Harriet sempre existiram. Desde criança ela lutava com a balança. Mas realmente começou a engordar muito depois que seu pai adoeceu de repente do fígado, em julho de 2002. Harriet ficava no hospital comendo chocolate. Continuava a comer em casa. Em vez de enfrentar a tristeza, acabou perdendo o controle sobre a comida. Piorou depois da morte do pai em 2003. É o que os ingleses chamam de “confort eating”, quando você come demais para ter um sentimento de prazer, no lugar de um estresse ou um trauma psicológico. É uma forma de compensar. Ou de não pensar.
Harriet começou a estudar Francês numa universidade, mas ficava no seu quarto comendo sanduíche ou fast-food junto com uma garrafa de vinho. Formou-se, tentou um emprego, mas o tédio e a depressão a faziam submergir mais fundo na comida de maneira compulsiva. Foi então que amigos a levaram para um grupo chamado Slimming World, que ajuda obesos a se conscientizar de seu problema e, portanto, esforçar-se para emagrecer. O principal para ela é que, nesse grupo, ninguém a julgou nem a criticou nem a olhou com pena. Foi um alívio estar ao lado de pessoas que somente queriam ajudá-la.
Começou por uma revolução na alimentação. Trocou suas refeições gordurosas, fritas ou açucaradas, compradas prontas, por uma comida saudável e caseira, carne, peixe, frutas e legumes. Em um mês, suas roupas já estavam largas demais. Já vestia dois números abaixo. Pela primeira vez ela percebeu que controlava o que comia e não abusava mais nem de chocolates, vodkas ou coca-cola diet.
Foi então que comecou a se exercitar, caminhar, e se matriculou numa academia de ginástica. Hoje, ela corre regularmente. Ela perdeu 95 quilos no total.
Confira as fotos acima, feitas hoje em Londres para o Mail Online. Harriet posou junto a sua imagem antiga, feita em papel de pôster, colada sobre cartolina. E junto a suas calças antigas. Um passado que ela não esqueceu.
“O mais importante, ao perder peso, foi provavelmente descobrir quem eu sou – e poder perceber que gosto de mim de verdade”, disse Harriet, que hoje pesa 73 kg para uma altura de 1,72 m. “Eu costumava evitar multidões porque me sentia incomodando as pessoas. No meu grupo de dieta, percebi pela primeira vez que, mesmo imensamente gorda, eu tinha um valor como ser humano”.
A confiança de Harriet aumentou. Confiança nela própria e no mundo. Fez amizades. Mas, disse ela, sua maior conquista foi conseguir ficar de pé, diante de uma sala de aula cheia de alunos. Enfim, uma professora.

17 comentários:

  1. Nossa, que exemplo! Adorei seu blog. Vou passar sempre por aqui, ok? Estou na luta também, e ter incentivo é essencial. Beijos e ótima semana!!!

    ResponderExcluir
  2. MENINA QUE EXEMPLO! O CAMINHO É LONGO MAIS TAMBÉM VAMOS CONSEGUIR EU CREIO .. , ME DESCULPE JÁ FIZ A CORREÇÃO E POSTEI O QUE ME DEIXA NAS NUVENS .... RSRSRSR UM ABRAÇO EU ADOREI SEU BLOG VOU TE ACOMPANHAR , NÃO SOME VIU .... UMA SEMANA ABENÇOADA PRA VOCÊ...

    ResponderExcluir
  3. Oi flor, tudo bom? Demorei mas vim conhecer seu cantinho, to te seguindo! Adorei a frase do emagrecimento, vou plagiar no meu próximo post, mas já dei os devidos créditos viu, q vi aqui q viu no blog realizando metas.
    Bem quanto a cirurgia, foi a melhor coisa q fiz na vida, não me arrependo um minuto, mas vc tem que fazer, se for último caso,se vc conseguir emagrece com dieta e exercícios, melhor pra vc né! toda a sorte, querida, uma semana MARA! Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Oiii
    nossa que exemplo maravilhoso pra nós né
    estou lhe visitando pela 1ª vez... e como você quero chegar aos 68 kilos...

    vamos juntas????

    força pra nós nesta nova semana né

    beijokas pra ti

    ResponderExcluir
  5. Oi querida,

    Obrigada pela visita lá no meu cantinho e pelo selinho, vou postar na próxima postagem. Vamos juntas na luta, já estou te seguindo!

    Bjus e otima semana!

    ResponderExcluir
  6. e a gente fica se quixando em perder 10 kilos...grande exemplo, neh?? bj

    ResponderExcluir
  7. oi flor ja tinha lido sobre essa moça, bota exemplo pra gente né...beijocas!

    ResponderExcluir
  8. Esta história nos incentiva mesmo. Obrigada pela força. Bjks

    ResponderExcluir
  9. Oi Tati
    Eu fiquei impressionada com essa história!
    Haja força de vontade heim?!
    Espero que nós consigamos alcaçar nossos objetivos!
    bjos

    ResponderExcluir
  10. oi querida!
    Minha primeira vez aqui e não podia ter gostado mais de vir, quando o primeiro post que leio tem a ver com uma enorme perda de peso, vindo duma fantástica força de vontade e empenho.
    Olha eu também não sou a favor da cirurgia...mas é uma opção pra quem opta por esse caminho.
    Eu emagreci com RA e AF e mantenho-me no foco e passado 2 anos, continuo a ser contra a cirurgia!!
    Sucesso pra ti.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que super exemplo
    estou nessa batalha pra sair dos 3 digitos sem cirurgia, espero ser vencedora como ela.

    adorei o seu blog

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Tati!!!

    Obrigada pela visita! Depois me dá seu e-mail q te mando a revista scaniada, sem problemas =)

    E q história né? Serve como exemplo para todas nós!

    Um beijooooo!

    ResponderExcluir
  13. Nossa!!!
    Fiquei bege com essa história de sucesso. Em breve chegarei lá tb.
    Querida, o novo endereço do meu blog é http://myllamoura.blogspot.com
    Beijokas no ♥.

    ResponderExcluir
  14. . oi Tati, a vi no meu blog como minha seguidora, embora não tenha encontrado um recadinho seu, vim retribuir a gentileza, adorei seu cantinho. tornei-me sua seguidora tb.
    . essas história devem servir como incentivo para nossa determinação! conte comigo se precisar.
    . bj. fique com DEUS.

    ResponderExcluir
  15. Oi Tati, vim te conhecer e amei o post.... como é bom ver que a determinãção e força de vontade pode mudar toda uma vida, por isso temos que ficar firmes no nossos propósitos...tbm vamos conseguir não é mesmo?
    Estou te seguindo... e vamo q vamos.
    bjin

    ResponderExcluir
  16. Oi Flor
    Saudades dos seus posts...
    òtimo domingo
    Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  17. Oi Tati, adorei te conhecer um pouquinho, adorei o seu cantinho e sua história. Temos objetivos parecidos com a diferença de que já estou planejando a gravidez antes mesmo de casar, mas devo me casar ainda no primeiro semestre, só não quero fazer isso pesando mais de 100kg.
    Tomei uma prensa do noivo pq vivo reclamando do meu peso mas não tenho feito nada de concreto pra melhorar. Parece que era o que eu precisava pra engrenar. Amanhã começo academia.
    Estou te seguindo, vamos nos falando, tá?
    Vamos animar-nos umas as outras.
    Beijo!

    ResponderExcluir